Novos Tempos, Velhas Recomendações Sobre a Função Analítica (1912-2012)
Freud – 100 anos depois
Lisia Coelho Leite
Ignácio A. Paim Filho


ISBN: 978-85-205-0655-4
Categoria: Psicanálise, Ensaio, Psicologia
Edição: 1ª - 2012
Formato: 14 x 21 cm
Nº de Pag.: 151
Peso: 0,196 Kg
Preço: R$ 28,00

Os dias atuais trazem em si a marca indelével do ideal de narciso. Vivemos em tempos de perversão, os sujeitos que chegam aos divãs buscam satisfações imediatas fazendo valer a máxima de tolerância zero a frustrações, gerando condutas niilistas.
O analisando e a cultura deste novo milênio convidam ou impõem ao analista a perversão do setting, dos postulados teóricos e técnicos, colocando em xeque os princípios éticos que norteiam o tratamento analítico. A função analítica está ancorada na função paterna, vindo a estabelecer-se na medida em que houver um percurso da heteronomia para a autonomia.
Estas leis da cultura psicanalítica que foram nomeadas por Freud (heteronomia) deverão ser incorporadas de uma forma reflexiva de modo que este sujeito chamado analista, no exercício de constituir-se como tal, vá se apropriando destas e possa senti-las como suas (autonomia). Esses são alguns dos propósitos deste livro, poder refletir sobre a prática analítica de Freud aqui desenvolvida pelos autores nesta obra instigante. Os caminhos para o pensar são tantos, mas o ofício analítico não pode prescindir de uma escuta afinada dos seus fundamentos, eis um livro que se propõe a conversar com os leitores de forma clara e profunda, sem perder a vertente intelectual do legado freudiano.
Confira a fanpage da Editora Sulina
www.facebook.com/editorasulina?ref=hl

 

 

 
 


Voltar | Imprimir

 

Os dados pessoais fornecidos pelos usuários do site www.editorasulina.com.br são assegurados pela seguinte Política de Privacidade