Corruptos de Estimação
E outros textos sobre o golpe hiper-real
Juremir Machado da Silva



ISBN: 978-85-205-0759-9
Categoria: Jornalismo, Crônica, Comunicação
Edição: 1ª ed - 1ª reimpressão 2016
Formato: 14 x 21 cm.
Nº de Pag.: 175
Peso: 0,220 Kg
Preço: R$ 35,00

Este conjunto de textos, sob o título de Corruptos de Estimação, publicados no Correio do Povo, acrescido de uma reflexão final mais sociológica, é o resultado de uma maneira de pensar cada vez mais característica dos nossos dias: pensar em movimento. Pensar caminhando, trabalhando, acompanhando os acontecimentos, no calor das polêmicas, em meio a reviravoltas, denúncias, manchetes devastadoras e operações cada vez mais surpreendentes (ou nem tanto).
Não há golpe sem mídia. Na ponta do lápis: 1954 + 1964 = 2016. Denominador comum: velhos jornais golpistas. Diga-se, a bem da verdade, que, no golpe hipermoderno, a vítima tem sua parte de culpa. O PT lembra o famoso pato: tantas fez o moço que foi para a panela (da Fiesp?) Nada, porém, que transforme o golpe em curso em impeachment. Este impeachment é o álibi jurídico para o golpe político. A prova da prova jamais será feita. Seria inútil. No golpe hiper-real, a defesa é só um momento enfadonho do ritual aprovado pelo STF. 
Confira a fanpage da Editora Sulina www.facebook.com/editorasulina


 

 

 

 
 


Voltar | Imprimir

 

Os dados pessoais fornecidos pelos usuários do site www.editorasulina.com.br são assegurados pela seguinte Política de Privacidade