Parem as Máquinas
Crônicas de nosso tempo
Murillo de Aragão



ISBN: 978-85-205-0790-2
Categoria: Crônicas, Literatura Brasileira, Jornalismo
Edição: 1ª edição
Formato: 14 x 21 cm
Nº de Pag.: 143
Peso: 0,200 Kg
Preço: R$ 35,00

Quem acompanha pela mídia as discussões sobre a conjuntura política sabe que Murillo de Aragão é referência obrigatória na mídia brasileira. O que muitos não sabem – e vão agora descobrir – é que Murillo também é um excelente cronista. Logo perceberão que os 42 textos que compõem Parem as máquinas – crônicas de nosso tempo são uma notável combinação de argúcia analítica com linguajar ágil e fino senso de humor. Isso já fica evidente no quarto texto, “Enquanto isso, na sala da Justiça...”. Como a maioria dos brasileiros, Murillo quer desvendar o mais insondável dos mistérios brasileiros: “como foi que nossa classe política se transformou numa legião de zumbis?”. A hipótese que ele aventa é certeira: Brasília sucumbiu a uma dupla catástrofe, atingida por algo como a invasão de marcianos imaginada por Orson Welles ou como a explosão da famigerada usina nuclear de Chernobyl, na Ucrânia, ocorrida no dia 26 de abril de 1986. (Bolívar Lamounier)
Confira a fanpage da Editora Sulina www.facebook.com/editorasulina

 

 
 


Voltar | Imprimir

 

Os dados pessoais fornecidos pelos usuários do site www.editorasulina.com.br são assegurados pela seguinte Política de Privacidade