Vargas, aluno de Direito
10/09/2003
(Livro reúne textos do jovem acadêmico que chegaria à Presidência)


Qual era o pensamento de juventude do homem que mudou os rumos da História brasileira? Quais as idéias do estudante Getúlio Vargas durante os quatro anos da Faculdade de Direito? A Serpente e o Dragão, livro que o historiador Décio Freitas e o jornalista Álvaro Larangeira autografam hoje, traz à luz 11 provas e dissertações defendidas pelo estadista, guardadas há cerca de um século nos arquivos da Faculdade de Direito da UFRGS.

Durante todo esse tempo, o material permanecera inédito. O professor Eduardo Carrion deparara com os textos quando no cargo de diretor da Faculdade de Direito. Nunca encontrou quem se interessasse pelo assunto. Freitas, que havia entrevistado Vargas na estância Santos Reis, em outubro de 1945, logo após a deposição do então presidente, resolveu tomar a si a tarefa.

Maravilhado com a erudição e o estilo límpido do estudante, Décio decidiu organizar tematicamente os trabalhos, feitos entre 1904 e 1907, abordando desde o conceito e a origem do fenômeno jurídico, indo até os problemas do casamento. Conta Freitas que o trabalho se tornou ainda mais impactante à luz de uma revelação feita por João Neves da Fontoura, braço-direito de Getúlio, segundo a qual o ex-presidente não se interessava por livros de Direito: lia somente Filosofia e romances.

- Getúlio cita cerca de 80 autores. Não se pode saber se leu todos eles. Provavelmente citou-os de memória, de ouvir as exposições nas aulas - explica.

Ainda segundo Décio, Vargas pode ter-se valido das "sebentas", polígrafos com resumos que circulavam entre os alunos.

- Seja como for, ali já estão estampadas suas idéias: a união entre capital e trabalho, o socialismo cristão e a subordinação da vontade do indivíduo ao interesse coletivo - ressalva.

Os autógrafos serão precedidos por debate com o autor, Sérgio José Porto, Eduardo Carrion e Álvaro Laranjeira.


(ZERO HORA / Segundo Caderno / Porto Alegre-RS)
Link:

Voltar | Versão em PDF | Indicar

 

Os dados pessoais fornecidos pelos usuários do site www.editorasulina.com.br são assegurados pela seguinte Política de Privacidade