Morrer como Corbiére
09/11/2009
A Tenda da Pásargada está recebendo, neste momento (18h50min), um sarau poético em português e francês. Enquanto o diplomata e adido cultural da França no Brasil, Ronan Prigent – que em sua versão escritor é conhecido por Emmanuel Tugny –, está lendo versos de sua mais recente obra, Morrer como Corbiére, o editor da Sulina e Doutor em Comunicação, Luis Gomes, faz a tradução, lendo os versos na sua versão em português.

Prigent já participou de inúmeras edições da Feira devido ao seu perfil profissional (é músico, escritor e diplomata), e tem em 2009 uma atuação especial. Está lançando seu sexto romance, no qual percorre a vida de Tristan Corbière, o autor de Amores amarelos, arquétipo do “poeta maldito”, fazendo dele também, e sobretudo, um personagem de ficção.

Sentindo-se tão homenageado quanto seu país, o francês acredita que, em 2009, a França está deixando muitas influências positivas para os porto-alegrenses, especialmente o conceito de apoio público ao pensamento.

Após o evento, às 19h30min, Emmanuel Tugny (ou Ronin Prigent, se preferir) autografa seu livro na respectiva praça.

Link: http://www.feiradolivro-poa.com.br/noticias_det.php?noticia=631

Voltar | Versão em PDF | Indicar

 

Os dados pessoais fornecidos pelos usuários do site www.editorasulina.com.br são assegurados pela seguinte Política de Privacidade