Editora Sulina
0

    Sua sacola está vazia.

Entregamos para todo o Brasil
Correios (PAC, SEDEX)
Em breve por transportadora
Forma de pagamento flexível.
Parcelamento em até 18X
CARTÕES DE CRÉDITO E DÉBITO | BOLETO | DEPÓSITO | PIX
Entrega expressa para Porto Alegre
COMPRE AGORA
Voltar

Força Movente da Música, A

Cartografias Sensíveis das Cidades Musicais do Rio de Janeiro

Micael Herschmann
Cíntia Sanmartin Fernandes

ISBN: 978-65-5759-106-2
Categoria(s): Comunicação    Sociologia    Cultura
Edição: 1ª edição - 2023
Formato: 16 x 23 cm
Nº de Pag.: 272
Peso: 0,390 Kg

R$ 69,90

Em A Força Movente da Música, Herschmann e Fernandes nos possibilitam não só compreender melhor alguns dos grandes desafios enfrentados pelas cidades criativas no Brasil, mas também problematizar aspectos menos visíveis e conhecidos das mesmas. Assim, para além das badaladas estratégias de branding territorial, constata-se que, seja numa metrópole, vilarejo ou distrito, as redes e conexões musicais são resultantes do agenciamento de práticas tradicionais e contemporâneas – que tecem e são tecidas também nas ruas da cidade (catalisando imaginários e sociabilidades) – as quais polinizam afetos, experiências estéticas e sentidos. Apresentando densas cartografias sensíveis que analisam dinâmicas e territorialidades musicais construídas em Paraty, Rio de Janeiro, Conservatória e Rio das Ostras, os autores nos convidam a repensar o potencial de desenvolvimento social, cultural e econômico do estado do Rio de Janeiro de perspectivas menos habituais, desenvolvendo fabulações especulativas.
Neste livro, somos instigados a refletir sobre os processos de formulação de modelos de desenvolvimento das cidades criativas – considerando, especialmente, algumas questões: a quem esses modelos e projetos favorecem? Quais dinâmicas e atores são ou deveriam ser priorizados nessas localidades? Como promover espaços mais includentes e mais democráticos, em que se valorize os ecossistemas musicais menos visíveis desses territórios?
Tentando escapar de interpretações sombrias ou mais esquemáticas, os autores buscam não só subsidiar a reformulação de políticas públicas democráticas e sustentáveis, mas também sublinhar a importância das “territorialidades sônico-musicais” construídas – no “fazer com”pelos atores nessas localidades –, como sendo capazes de ressignificar imaginários e experiências urbanas. Afinal, como sugerem os autores, a vida em geral se faz e se refaz, garantindo alternativas e caminhos possíveis.

Entrega: Correios e Motoboy (Porto Alegre).

Forma de Pagamento: Depósito em conta corrente ou PagSeguro (cartões de crédito, débito e boleto bancário).

OBRAS RELACIONADAS


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0